5714
reblog

Mas as coisas vão acontecendo… as pessoas se vão, ou deixam de nos amar, ou não nos entendem, ou nós não as entendemos… e nós perdemos, erramos, magoamos uns aos outros. E o navio começa a rachar em determinados lugares. E então, quando o navio racha, o final é inevitável. (…) Mas ainda há um momento entre o momento em que as rachaduras começam a se abrir e o momento em que nós rompemos por completo. E é nesse intervalo que conseguimos enxergar uns aos outros.

Cidades de Papel. 
via source
426
reblog

humano
bicho tolo
não sabe
ser humano

N.Souza (via filho-da-eternidade)
via
9
reblog

Sou o soldado das batalhas perdidas
das lágrimas salgadas que escorre o
rosto das inocentes almas

Sou a discrepância que existe entre
a luz e a escuridão
a agonia e o prazer
a fé e a razão

Não tenho medo do escuro
pois a escuridão apossou-se de mim
assim como também a luz

Sou o caos e a paz dos universos paralelos
sou a divergência em pessoa

não tente me compreender
tentei fazê-lo e acabei louco

N.Souza (via filho-da-eternidade)
via
478
reblog

Eu sou um mero jovem aos olhos dos mais velhos, e sou um velho aos olhos dos mais novos, mas quer saber a real? Nem eu sei em qual das opiniões me encaixo.

A alma pode ser velha.  
via
676
reblog

When you do something noble and beautiful and nobody noticed, do not be sad. For the sun every morning is a beautiful spectacle and yet most of the audience still sleeps.

john lennon  
via
12
reblog

 

não me cobre sol em dias de chuva, não me cobre chuva em dias de sol. aceite as flores de bom grado, mas entenda que elas também caem. agradeça pelos dias secos onde a pele racha mais que um coração de luto, mas também agradeça pelos dias úmidos e a sensação gelada que o vento te traz. entenda que todo amor que dei foi por não saber como não doar, mas também entenda que saber receber também é um desafio… todo amor tem um pouco de dor.

Lucas.

via
8146
reblog

Você ama quem não te ama, mas não ama quem te quer bem, se apaixona por quem gosta menos, não precisa de quem te precisa, quando ama, mora longe, e quem tá perto? Se esconde, quando grita, ninguém escuta, quando encontra, já é tarde, quando quer, sente medo, se não sente, te sufoca. Se tu chora, ninguém percebe, quando sorri, alguém chora, se é dia, chega a noite, mas quando se encontram… jamais se esquecem.

Sean Wilhelm. 
via source
2311
reblog

O que dizer de uma frase assim: a poesia existe para satisfazer a necessidade de poesia dos poetas? Escândalo, loucura e anátema! Quando, em minhas palestras, chego nesse ponto, instala-se o tumulto, que deixo desenvolver-se um pouco para valorizar a frase que vem a seguir. – Um momento. Poeta não é só quem faz poesia. É também quem tem sensibilidade para entender e curtir poesia. Mesmo que nunca tenha arriscado um verso. Quem não tem senso de humor, nunca vai entender a piada. E concluo: – Tem que ter tanta poesia no receptor quanto no emissor. Nesse auge, a multidão prorrompe em aplausos e me carrega em triunfo até o bar mais próximo, onde beberemos à saúde de todos os poetas-produtores e todos os poetas receptores do mundo. Saúde a vocês que fazem, saúde a vocês que curtem, pólos magnéticos por onde passa a faísca da poesia.

Paulo Leminski.   
via source
2351
reblog

Dá até um certo medo de te ter e em seguida não ter mais. Saber que num momento eu te tenho e noutro te perco, ter em mente a partida e sonhar com a permanência, precisar que você fique e mesmo assim você ir embora. Fingir que não me importo e morrer por dentro vendo você sair pela a porta sem nem olhar pra trás. Dá até um certo medo, de imaginar não saber mais viver sem você.

Principar.   
via source
14045
reblog

Não sabia se podia confiar nela e já estava cansado de sua imprevisibilidade - fria num dia, meiga no outro; irresistivelmente sedutora num momento e insuportavelmente chata no outro.

Quem é você, Alasca?  
via source